#Strange Kind of Woman

Eu não ligo se meu cabelo tá feio. Eu não ligo se ele não é lisinho. Eu não tô nem aí pra última moda, na verdade, ela é muito ridícula. Eu não tenho saco pra vida dos famosos. Eu odeio conversa de mulherzinha. Eu não tenho paciência pra saltitar de loja em loja. Eu odeio experimentar roupas. Gosto mais de ação e terror do que de romance. Eu jogo RPG. Eu gosto de futebol. E tomo cerveja. Se me der a louca, me jogo no circle pit de um show de rock. Eu não surto quando nasce uma espinha na minha cara. Eu não vivo de aparência. Meu consumismo é pra livros e filmes. Eu não acho o Brad Pitt bonito, muito menos o Tom Cruise. Eu não assisto uma série só pelo ator gostosão. Eu prefiro ficar em casa em boa companhia jogando vídeo game ou vendo filme a sair por aí andando em shopping. Eu odeio Gossip Girl. Eu ando descalça e sento no chão. Eu leio quadrinhos e nem é por causa da Mulher Maravilha. Acho absurdo morrer por um sapato. Não tô nem aí praquela balada onde só vai gente bonita. Não sou uma boneca. Não sou uma mulherzinha. Odeio micareta. Não consigo me encaixar em algum grupo. Eu não sigo tendências. Tento viver em décadas que não vivi. Não vou ao cinema por status. Não ouço a música do momento. Não sei nem que diabos são essas cantoras atuais, pra mim todas têm a mesma voz. Eu fujo de rodas de conversas de meninas. Eu não sei escovar meu cabelo,e não tô nem aí pra isso. Eu gosto de andar no Centro. Eu gosto de sebos. Eu gosto de conversa na mesa do bar com os amigos. Eu saio fazendo careta nas fotos. Eu falo –muito– palavrão. Eu não gosto de usar salto alto. Eu não sou elegante. Não tem que me faça entrar em um salão pra passar horas a fio. Eu xingo nos jogos. Na verdade, eu xingo a toda hora. Eu não tenho paciência pra fazer comprinha com as amigas. Eu não fico de conversinha, de mimimi sobre o ator de tal novela, eu não dou a mínima pra novela. Eu odeio as mocinhas sonsas dos filmes. Eu odeio coisas cor de rosa demais. Eu nunca quis ser bailarina/apresentadora/modelo. Eu odeio sapinhos, gatinhos. Eu tô começando a pegar nojinho de xadrez. Eu não sou gostosa. Eu não sou loira. Não faço parte do time e nunca farei. Eu sou branquela e não tenho o corpo perfeito. Às vezes falo alto demais. Eu implico com as pessoas. Eu odeio filmes água com açúcar. Pra mim vampiro bebe sangue, não sai no escuro e lobos não são depilados e sarados. Eu sou impaciente. Eu choro de raiva. Eu bato cabeça ouvindo uma música que amo. Eu odeio bandas com vocais femininos, salvo algumas exceções. Eu detesto que puxem conversa comigo no ônibus. Eu durmo no cinema. Eu tenho medo de lugares lotados. Eu bato de frente quando alguém me desagrada. Eu não consigo levar desaforo nem de gente a quem devo respeito. Eu não tenho medo de barata. Eu gosto de cachorros de rua. Eu sou simples, e tenho pena de quem não me aceita.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “#Strange Kind of Woman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s